Consulta Imposto de Renda 2020: Restituição, Malha Fina, Datas

Para ter acesso a todas as informações referentes a este tributo, os contribuintes devem realizar a consulta Imposto de Renda 2020 que está disponível no site oficial da Receita Federal. Para realizar a consulta Imposto de Renda 2020, siga nos acompanhando e saiba como funciona todo este procedimento! 

Consulta Imposto de Renda 2020

A declaração do Imposto de Renda 2020 é de caráter obrigatório por parte dos brasileiros, havendo apenas alguns casos de isenção onde os contribuintes devem ficar atentos a essas informações. 

A não declaração deste imposto pode trazer sérios problemas para os contribuintes que devem realizar este procedimento. 

Consulta Imposto de Renda 2020 

Através da consulta Imposto de Renda 2020 todos os contribuintes deste tributo conseguem verificar todas as informações referentes ao mesmo, como por exemplo o valor a ser pago, tabela e muito mais. 

Todo o procedimento de consulta é feito unicamente pela internet, através do site oficial da Receita Federal. 

Abaixo, montamos um simples passo a passo. Para realiza-lo de forma simples e rápida basta apenas segui-lo!

  • Passo 1: Acesse o site → clicando aqui;
  • Passo 2: Nesta página, você deverá preencher os campos em abertos com os dados solicitados pelo sistema;

  • Passo 3: Informe o número de seu CPF e data de nascimento;
  • Passo 4: Clique em “Consultar” para ter acesso a todas as informações necessárias. 

Atenção! O número do CPF deve ser informado por completo, inclusive com o dígito verificador, sem separadores de dígitos, pontos ou traços. 


Restituição do Imposto de Renda 

Todos os anos há muitos casos onde os contribuintes tem direito à restituição do Imposto de Renda. Isso acontece devido ao pagamento a mais deste imposto. Ou seja, o contribuinte tem pago valor excessivo referente ao valor real. 

Na maioria das vezes, os casos que mais levam a restituição são:

  • Pagamento de pensão alimentícia;
  • Gastos com funcionários, como 13° ou férias;
  • Implante dentário;
  • Doações para entidades beneficentes;
  • Gastos com fisioterapia;
  • Gastos com psicólogo;
  • Matrícula e mensalidade escolar, somente até o Ensino Médio;
  • Gastos Dentista;
  • Cirurgia plástica por problemas de saúde;
  • Gastos com universidade, graduação e pós;
  • Equipamentos para condições especiais, como cadeira de rodas;
  • Exames e consultas;
  • Gastos com próteses;
  • Plano de saúde;
  • Gastos com saúde fora do Brasil;
  • Plano de previdência;
  • Possuir dependentes;
  • Despesas com imobiliária.


Tabela de lotes da Restituição do IRPF

A tabela da restituição pode ser verificada através da consulta Imposto de Renda 2020 já feita logo acima. 

Essa tabela serve para que os contribuintes que tem direito a restituição, fiquem cientes de quando serão ressarcidos.

Ela é dividida em 7 lotes, que vão de junho a dezembro. No primeiro lote, receberão aqueles que são portadores de algum tipo de doença grave, deficientes ou idosos. 

Os próximos lotes, vão de acordo com a data da realização da declaração. Ou seja, quem declarou o Imposto de Renda primeiro, receberá antes daqueles que fizeram o procedimento por último.

Abaixo, confira a tabela:

1º lote 15 de julho
2º lote 16 de julho
3º lote 15 de agosto
4º lote 17 de setembro
5º lote 15 de outubro
6º lote 16 de novembro
7º lote 17 de dezembro

Consulta Malha Fina Imposto de Renda 2020

De acordo com dados publicados pela Receita Federal, cerca de 800 mil pessoas caíram na malha fina fiscal do Governo. Todo esse número equivale a 3% do total de declarações. 

Geralmente, os casos que caem nessa malha fina feita pelo Governo são:

  • Deduções preenchidas incorretamente, ou com dados faltando;
  • Erros de digitação;
  • Esquecer (ou omitir) rendimentos na declaração;
  • IRRF pago à Receita Federal não bate com o IRRF declarado na DIRF 2020;
  • Dentre outros. 

Avalie este artigo

Avaliação média: 5
Total de Votos: 4

Consulta Imposto de Renda 2020: Restituição, Malha Fina, Datas